Mídia Social Falar é fácil, executar, nem sempre.

Se alguém quer fazer pose de moderno e bem-informado logo fala sobre Mídia Social. A maioria, a partir de então, conhece Marketing Digital, Publicidade Viral, CRM, Design, Integração de aplicativos e por ai vai. Aqueles que não entendem,também querem participar das redes sociais para não ficar de fora.

De fato todos querem uma fatia desse bolo chamado Mídia Social, mas existem fatores importantes a serem avaliados e planejados antes de encarar o fabuloso mundo das Redes Sociais.
Na maioria das vezes a iniciativa de entrar nesse universo, parte do departamento de Comunicação e Marketing de uma empresa. Então, são feitas inúmeras pesquisas a fim de justificar para a diretoria a importância da atuação da empresa nessas mídias. No entanto em momento algum é cogitado uma integração de departamentos como TI e RH no projeto. Você pode pensar, mas o que tem a ver o departamento de TI e RH juntos com a comunicação? Pois é, eis que te digo: tem tudo a ver. Muitos projetos não dão certo, pela falta de sinergia entre os departamentos.

Para se iniciar um projeto de Mídia Social, não é simplesmente realizar o cadastro em redes sociais, colocar o logo da empresa e ver o que acontece. Deve existir um planejamento; avaliar o que pode ser alcançado através desse meio de comunicação; estar pronto para o contato direto com o cliente/consumidor; ter conteúdo para manter a ferramenta ativa; e respaldo para manter a segurança das informações da empresa. Tudo isso requer a ajuda desses três departamentos. Os resultados dessa parceria vão além de visibilidade da marca, o sucesso dessa parceria se dará em infinitas possibilidades que essas novas ferramentas proporcionam.

Outro ponto importante a ser avaliado e não menos importante é o acesso a essas Redes Sociais. Muitas empresas querem adentrar neste meio, mas não permitem que seus funcionários tenham acesso a essas novas ferramentas de comunicação. Em grande parte das empresas, o acesso a internet é restrito e não permite o acesso a determinados sites como o das Redes Sociais. Muitos alegam que o acesso livre a esses sites reduz a produtividade no trabalho e gera burburinhos. Eu tenho uma opinião diferente, acredito que tudo depende de como é feito, ou seja; deve-se mudar a cultura da empresa, onde esse colaborador terá liberdade para se expressar e produzir mais e melhor. Também não vale demitir um colaborador por que ele falou mal do chefe no facebook, porque é exatamente isso que as Redes Sociais fazem, elas dão voz a quem antes não tinha, seja o seu consumidor ou seu colaborador. O fato é, a empresa mudar a mentalidade antes de querer obter sucesso com a Mídia Social. Se isso ocorrer, a empresa não só terá melhor produtividade, quanto defensores da marca. Isso não é uma fantasia, é a mais pura realidade. Muitas empresas já têem adotado esse método e estão obtendo ótimos retornos.

Devemos aproveitar as oportunidades que as Mídias Sociais oferecem, mas ao invés de fazer parte da grande massa que fica parada enquanto tudo anda, faça a diferença comece por um planejamento.



Colunista

Danielle dos Santos

Danielle dos Santos, 29 anos, tem mais cinco anos de experiência em marketing digital, conteúdo para web, publicidade online e parcerias. Formada em Publicidade e Propaganda hoje atua no atendimento a grandes marcas na Agência Questa Comunicação. Sua história na ABRAWEB começou em 2009 e desde então trabalhou gerando novos negócios e parcerias trazendo iniciativas para promoverem a Associação também fora da internet . E-mail danielle@abraweb.com.br


Mais artigos sobre comunicação web

ABRAWEB - Associação Brasileira de Profissionais de Internet | Av. Queiroz Filho, 1700 bl C, sl 411 - Vila Hamburguesa - São Paulo - SP CEP 05319-000 | CNPJ 05037868/0001-80 tel. 11 2368-2445