Freelancer na Web

Quer trabalhar quando tiver vontade? Sem regras? Sem burocracia? E o mais interessante para a maioria: Sem chefe?

O Freelancer é o profissional que trabalha de acordo com o seu ritmo. Não tem vínculo empregatício com nenhuma empresa, presta serviços temporários e geralmente trabalha em casa. Você está pensando em dar este rumo à sua vida profissional?

Hoje, não é só uma questão de opção por este estilo de vida. Muitos profissionais estão se embrenhando no mundo instável dos freelancers por imposição do mercado de trabalho já saturado. As profissões que mais geram esta escolha é a de escritores, jornalistas, designers, desenvolvedores e provavelmente você se encaixa nesta lista porque pensa nisso cada vez que alguém liga para você pedindo ajuda em um trabalho extra, certo?

Os profissionais das chamadas profissões clássicas, advogados, médicos, engenheiros, por exemplo, ou tem um trabalho fixo com vínculo com a empresa ou instituição ou optam por abrir sua própria clínica ou escritório.

Mas ser freelancer não desobriga o profissional de tomar alguns cuidados como um micro-empresário ou alguém que abriu sua própria empresa.

Para começar e tentar se manter no mercado o profissional que opta por ser freelancer deve ter kit básico: seu próprio cartão de visitas, um currículo e um portifólio.

Esteja também preparado para abrir mão da posição segura e confortável de um trabalho fixo. O trabalho de freelancer vem com uma dezena de prós e contras.

Uma compensação é que o mercado de web é tão instável, como qualquer outro que trabalhar o dia todo e se dedicar a uma empresa, na web, por exemplo, não é mais seguro que ser um freelancer.

Muitas pessoas fantasiam que o freelancer tem uma vida de luxo, com horas livres para acordar tarde, dormir tarde, organizar seu tempo como quiser e viajar a qualquer tempo. Mas, a realidade do dia-a-dia não é bem assim, o freelancer não sabe quando o trabalho vai aparecer e por isso nunca relaxa totalmente. Tempo é um desconhecido, e geralmente depois de três meses, ele já está vivendo no stress. E pior, cheio de dívidas.

Ser freelancer não só requer habilidade com o tempo, mas também com o dinheiro, porque as datas de pagamentos dos trabalhos são variadas. É importante estar atento ao pagamento de impostos e contratar por sua conta, seu seguro de vida, sua assistência médica e uma assessoria contábil. Não esqueça nunca que o benefício de transporte não existe mais, assim como muitos outros que o seu emprego fixo lhe garantia.

Próximo passo para sua grande decisão: Você tem todas as ferramentas para ser um freelancer? Laptop, telefone celular, impressora, fax, copiadora? Vai precisar.

Vai precisar também de mais adjetivos para sua personalidade: ser paciente e ter jogo de cintura. O freelancer negocia seus prazos, negocia o custo de seu trabalho. É importante ser flexível para trabalhar com variedade de empresas, situações e pessoas.

Compre aspirinas para a dor de cabeça. Você deve emitir recibo de autônomo e com ele vem uma série de impostos. Reserve de 10 a 20% do seu faturamento para pagamento de Imposto de Renda, INSS, (seguro social) ISS (imposto sobre serviço) e Sindicato.

Através do CPMF calculado com base na sua movimentação bancária o governo sabe quanto dinheiro saiu da sua conta. A sua Declaração de Imposto de Renda deve justificar a sua movimentação bancária para você não correr riscos desnecessários.

A chave que abre portas para bons trabalhos é ter uma rede de contatos incrível, é importante que as pessoas confiem no seu trabalho para que possam sempre pedir mais e mais e indicá-lo para outros. Mantenha bons contatos, fale sempre de seus trabalhos com amigos e parentes, eles são bons cartões de visita para você.

Com perseverança e um pouco da sensibilidade de um empreendedor, você vai gerar não só trabalho para você mas, para mais pessoas. Logo precisará contratar gente para lhe ajudar com tantos pedidos. Vai acabar abrindo uma empresa de desenvolvimento de produtos e serviços para web. Vai precisar de uma secretária. E, em breve, terá novamente horários para seguir, prazos para cumprir e mais impostos para pagar.Cuidado! Ser freelancer pode fazer de você o dono de seu negócio e ai: Adeus horários livres e vida boa.



Colunista

Stela Garcia

Stela Garcia, jornalista, formada pela Cásper Libero (1998).
Experiência com redação web, redação para jornais, revistas e folders corporativos.
Uma das associadas fundadora é colunista e diretora de comunicação na ABRAWEB – Associação Brasileira de Profissionais de Internet. Ministrou aula em Faculdade e Universidade, como Faculdade Sumaré e Anhembi Morumbi, aplicando matérias como: marketing digital e redação web. Entre outras experiências com negócios web, trabalhou para o hpG, iG e XPG sempre atuando em comunicação, marketing ou no relacionamento com empresas e sites.



Mais artigos sobre negócios web

ABRAWEB - Associação Brasileira de Profissionais de Internet | Av. Queiroz Filho, 1700 bl C, sl 411 - Vila Hamburguesa - São Paulo - SP CEP 05319-000 | CNPJ 05037868/0001-80 tel. 11 2368-2445