Conhecendo as API’s do Bluevia

Resolvi estudar as novas versões de API que a Bluevia disponibilizou no site deles. Umas dessas me chamou um pouco mais a atenção, que foi a Voice API. Está em versão Alpha ainda, mas gostei do que possibilita criar.

Hoje com a Bluevia temos:

API de SMS que permite enviar e receber mensagens de textos entre celulares usando a rede da operadora ;
API MMS que permite troca de arquivo multimídias (fotos e vídeos), entre celulares utilizando a rede da operadora ;
API de payment onde se pode fazer cobranças usando crédito do celular da pessoa ;
E API Voice, onde é possível integrar conversas de áudio dentro de sua aplicação.

Nem todas estão disponíveis no Brasil ainda, mas eles prometem que todas estarão até o fim do ano.

Para começar a usar o Bluevia, é preciso se cadastrar: https://labs.bluevia.com/
Depois do cadastro, você entra no seu dashboard, onde terá acesso a todas as APIs. Mesmo as que ainda não funcionam no Brasil.
O mais legal do Bluevia é que você gera receita quando seu aplicativo envia e recebe dados usando a rede da operadora, e eles estão dispostos a te dar parte dessa receita. Só que para isso, é preciso desenvolver aplicativos legais e que as pessoas utilizem.
Eu já desenvolvi alguns aplicativos e gostei muito do resultado.

Para desenvolver qualquer coisa, é necessário antes baixar o pacote com a API que você vai usar. Podemos baixar nesse site: https://labs.bluevia.com/en/page/tech.APIs
Depois precisamos registrar a aplicação dentro do Bluevia. Você sobe um ícone, fala sobre o que ela faz e quais funcionalidades irá usar.
Após isso, deve pegar um token para sua tela e pronto, já podemos usá-la.
Existem vários exemplos de como usá-la no próprio site, mas aqui irei falar um pouco do que usei em meus aplicativos.

Com a API de SMS, acho que a aplicação mais criativa que fiz foi um aplicativo de enquete. Nele eu enviava a enquete para meus amigos e registrava todos os votos deles, para no final dar o resultado do vencedor.

Com a API de MMS, a pessoa enviava uma imagem, meu servidor recebia e a processava com algum efeito aleatório e retornava para o celular da pessoa. O mais legal eram os efeitos engraçados que deixei para gerar essas imagens, então muita gente mandava só para ver o que iria acontecer.

Com a API de Pagamento fiz uma forma de compra de moeda virtual para um jogo on-line, mas infelizmente não foi ao ar esta aplicação.

Com a API de VOICE, já fiz alguns testes, apesar de não poder usá-la ainda no Brasil. Andei brincando com algumas coisas, e o legal é poder construir um aplicativo web, que é possível ligar para ele e com isso escutar tudo o que você fala. Com isso consegui montar uma interface em que o áudio aparecia escrito no site.

Através da API VOICE é possível também, ligar para alguma pessoa e executar um WAV onde a própria pessoa escuta, como se fosse uma ligação normal. Já pensou nesta possibilidade?
Imagine seu servidor ligando de madrugada, falando que algum serviço está fora, ou seu e-commerce ligando para o cliente e informando qual a situação de entrega do pedido?

Espero ter ajudado com essas dica e que vocês tenham muitas ideias!



Colunista

Richard Brochini

Richard Brochini, trabalha a 8 anos com desenvolvimento de projetos para TI. Vencedor da categoria Jogos Mobile na SBGames 2008, ganhador do prêmio Porto Seguro como melhor jogo on-line, vencedor de melhor jogo feito para Tv Digital da TOTVz, dentre outras competições. Formado em Ciência Da Computação pela Universidade Anhembi Morumbi ,Certificado pela Impacta Tecnologia. Procura sempre aprender novas tecnologias, com esse diferencial, está sempre capacitado para atender os principais projetos da área. Hoje em dia está muito empolgado com a onda Smart Watch e já desenvolveu alguns protótipos.
Para entrar em contato: Richard@brochini.com



Mais artigos sobre desenvolvimento web

ABRAWEB - Associação Brasileira de Profissionais de Internet | Av. Queiroz Filho, 1700 bl C, sl 411 - Vila Hamburguesa - São Paulo - SP CEP 05319-000 | CNPJ 05037868/0001-80 tel. 11 2368-2445